• Dra. Denise Muniz

É importante se planejar ANTES de engravidar



Muito se fala do pré-natal, mas você sabia que existe um preparo e acompanhamento PRÉ-CONCEPCIONAL para mulheres que desejam engravidar?


Esse acompanhamento é extremamente importante, primeiramente porque sabemos que um bom planejamento familiar faz a diferença na construção de uma família saudável física e emocionalmente. Segundo porque essa é uma oportunidade de avaliar a saúde geral das futuras mamães, avaliando possíveis fatores de risco, além de servir como momento de adquirir conhecimento sobre diversos pontos da maternidade.


O que é o acompanhamento pré-concepcional?

O acompanhamento pré-concepcional é um momento de preparação física e emocional para receber uma nova vida e isso envolve conscientização e mudanças.


Isso porque, no período de tentativas, estar saudável é muito importante: uma alimentação balanceada, suplementação e exercícios físicos podem aumentar a FERTILIDADE, tanto das mulheres quanto dos homens, aumentando também as chances da tão sonhada gravidez. Além disso, estudos já demonstram a correlação entre saúde dos pais e dos filhos, portanto, quanto mais saudáveis os pais, mais saudáveis serão os filhos no futuro!



Confira uma breve lista das ações mais importantes nesse momento:


Análise do histórico de doenças

Essa avaliação do casal é super importante para prever possíveis doenças de fator genético. Mas, além disso, rastrear a saúde geral da mulher e observar a existência de doenças crônicas como diabetes e hipertensão é fundamental para evitar complicações durante a gestação e certificar de que mãe e bebe estarão seguros durante todo o curso da gestação.


Orientação sobre o uso de medicações

Nessa fase pode ser necessário ajustar a dosagem ou realizar troca de medicações não indicadas na gestação. Além disso, o médico inicia esquemas e orienta quais vacinas devem ser tomadas antes da gravidez.


Avaliação do uso de suplementos

Pode ser importante realizar exames para averiguar possíveis carências vitamínicas. Além disso, é necessário avaliar a necessidade da suplementação de ácido fólico para diminuição do risco de defeitos do tubo neural, tais como espinha bífida (não fechamento da coluna vertebral), anencefalia (ausência de cérebro) e hidrocefalia (acúmulo de líquido no crânio).


É bom lembrar que alimentos ricos em ácido fólico (espinafre, ervilha, flocos de milho e laranja) podem substituir os comprimidos, desde que exista um acompanhamento com profissional nutricionista.


Adoção de um estilo de vida mais saudável

Como já mencionado, a saúde geral dos papais não é importante apenas para que eles sejam mais férteis e estejam preparados para a gestação: estudos demonstram que a saúde é uma “herança” genética e sabemos que filhos aprendem por meio do exemplo, ou seja, se uma família mantém hábitos saudáveis, a criança aprenderá isso desde cedo.


Então anote aí uma lista de hábitos para repensar: alimentação, consumo de álcool, tabaco e outras drogas, e prática de exercícios físicos.


Após a consulta pré-concepcional é importante seguir as orientações médicas especialmente com relação aos medicamentos e vitaminas indicados neste período.


O essencial para uma gravidez saudável são bons hábitos de vida e acompanhamento regular de pré-natal desde o primeiro trimestre.


Ficou com alguma dúvida? Entre em contato e vamos conversar!


27 visualizações