CLIMATÉRIO

1/1

A Organização Mundial da Saúde (OMS) define o climatério como o período da vida da mulher de transição entre a fase fértil (reprodutiva) e a menopausa. É caracterizado pela redução na produção de hormônios esteroides ovarianos, principalmente estrogênio e progesterona.

 

É devido a redução da produção de tais hormônios que surgem sintomas bem conhecidos pelas as mulheres, tais como: ondas de calor, ressecamento genital, alterações de humor e libido.

 

É comum que muitas vezes esses sintomas sejam mencionados, pela maioria das mulheres, como parte do pacote que acompanha a menopausa, no entanto, é preciso esclarecer que climatério e menopausa são fases diferentes. A menopausa é definida como a fase da mulher após a sua última menstruação.

 

Em ambas as fases, as mulheres experimentam sintomas muito variados, por isso o cuidado deve ser especial e individualizado. Entre as formas de tratamento, o ginecologista pode recomendar (quando necessário) a reposição hormonal, que pode ser feita a partir do uso de adesivo, cremes, pílulas ou compostos naturais. Em outros casos,

quando se tem alterações de humor, podem ser tratados com alguns tipos de antidepressivos.

O ginecologista deve estar atento para atender às necessidades da mulher em cada fase de sua vida da melhor maneira, bem como avaliar riscos e benefícios de todo tratamento.